Já nasceu a primeira cria de lince-ibérico resultante do processo de reintrodução iniciado em 2014. A notícia foi dada, esta quinta-feira, pelo Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

A cria deverá ter cerca de 45 dias, conforme preveem os técnicos, e foi vista na companhia da progenitora, Jacarandá, a primeira fêmea a ser solta em Portugal no dia 16 de dezembro de 2014, lembra o ICNF em comunicado.

Jacarandá nasceu em 2012, no Centro Nacional de Reprodução de Lince-ibérico de Silves. Em 2014, foi primeiro colocada num cercado com o macho Katmandú e posteriormente libertada da Herdade das Romeiras, no Parque Natural do Vale do Guadiana.

Esta é a primeira cria nascida em liberdade em Portugal desde há décadas. Para o ICNF, este nascimento vem reforçar um programa de reintrodução, que considera bem-sucedido. O Programa LIFE+ Iberlince já libertou 17 animais desde 2014. Duas fêmeas, Kayakweru e Myrtilis, foram encontradas mortas.