Uma conduta subterrânea de cerveja em Bruges, na Bélgica. Primeiro, a ideia surgiu num sonho de Xavier Vanneste, herdeiro de uma dinastia de fabricantes de cerveja, mas agora está em vias de se tornar realidade. Começou por ser uma forma de solucionar um problema: os grandes camiões de cerveja têm vindo a ter dificuldades de abastecimento naquela cidade medieval devido às ruas estreitas em paralelepípedos. Segundo conta o Wall Street Journal, o cenário piorou desde 2010, quando a cervejaria mudou a fábrica de engarrafamento para fora da cidade e os percursos aumentaram os custos.

Por isso, passar a cerveja por baixo da terra parecia a solução perfeita. O projeto começou a ser construído em 2012 e agora faltam poucas semanas para estar pronto, diz o mesmo jornal. Serão 2 milhas (3,22 quilómetros) de uma conduta subterrânea de cerveja, com capacidade para transportar 1500 litros de cerveja por hora. Estende-se da cervejaria que fica no centro da cidade até à fábrica de engarrafamento, que fica na zona industrial.

Acabaram-se os camiões gigantes de cerveja a invadir Burges. Quando a notícia começou a correr, vários habitantes de Bruges começar a pedir para que “torneiras de cerveja” fossem instaladas em casa, a partir da cerveja que circula na conduta. Mas, garantem os responsáveis, o pedido não vai ser satisfeito.