Pela primeira vez, a Vila Imperial, uma residência de luxo em Pompeia, foi aberta ao público.

A residência luxuosa, construída no século I d.C., possui uma vista sobre o golfo de Nápoles e vários frescos que datam do século da sua construção. A exposição aberta ao público apresenta ainda uma representação daquilo que poderá ter sido a mobília da residência: bancos, candeeiros de bronze e pratos de barro, informa o ABC.

Os organizadores da exposição explicaram ao jornal espanhol que, durante o dia, os donos da residência, que seriam comerciantes, recebiam amigos e clientes, mas que a maior parte do tempo era passada na ociosidade.

A recuperação desta residência faz parte de um projeto de reconstrução de Pompeia, a cidade romana destruída por uma erupção do Vesúvio em 79 d.C. Este projeto já permitiu com que fosse reaberto o Antiquarium, um espaço que tinha sido convertido num museu mas que estava fechado desde 1980 devido aos estragos causados por um terramoto.

Outras residências estão a ser recuperadas na antiga cidade romana.