O treinador do Rio Ave, Pedro Martins, garantiu nesta sexta-feira uma equipa “com foco na vitória” na partida deste sábado, na receção ao FC Porto, da 33.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Com pouca margem de manobra na luta por uma qualificação para as competições europeias, o técnico da formação vila-condense reconheceu que a equipa não pode vacilar neste desafio, mostrando-se convencido num bom resultado.

“O nosso foco está numa vitória neste jogo, até porque neste momento não dependemos de nós no objetivo da Liga Europa, embora tenhamos esperanças. Temos de jogar para vencer, sabendo que vamos defrontar uma excelente equipa”, começou por dizer Pedro Martins.

O treinador do Rio Ave não acredita num adversário abalado por uma época inconstante, estando à espera de um “FC Porto forte”. “O FC Porto é uma grande equipa, sempre candidato ao título, está muito bem orientado, mas precisamos de vencer”, vincou.

Apesar de a sua equipa estar fora dos lugares europeus – ocupa o sétimo lugar com menos um ponto que o Paços de Ferreira que segue no sexto lugar -, Pedro Martins considera que tudo está em aberto na luta pela Liga Europa.

“Se o Tondela, com toda a legitimidade, pensa que ainda tem possibilidades de conseguir a manutenção e está a cinco pontos de distância, mal estaria o Rio Ave, estando a um, se não pensasse dessa forma. O futebol muda de um momento para o outro e se perguntaram ao Sporting se ainda luta para ser campeão vai responder que sim”, analisou o treinador.

Desta forma, o Martins mostrou confiança na sua equipa: “Vamos para a guerra e para a luta porque estes jogadores dão sempre grandes respostas nos momentos mais complicados e é isso que vamos fazer contra o FC Porto”.

Confrontado com os rumores que dão conta da sua saída do clube, no final da época, quando termina o seu contrato, Pedro Martins foi evasivo e assegurou que o tema ainda não está em debate.

“Estou focado no Rio Ave até ao final da época. Já falei com o presidente e ficou acordado que quando acabasse o campeonato, iríamos debater isso. A minha atenção e toda a energia é para levar o Rio Ave a uma competição europeia e depois, no fim, veremos”, assegurou.

O Rio Ave, sétimo classificado com 47 pontos, recebe este domingo o FC Porto, terceiro com 67, numa partida agendada para as 16:15, e que terá arbitragem de Bruno Paixão, da Associação de Futebol de Setúbal.