Dois polícias foram captados em vídeo a espancarem um homem nas ruas de São Francisco, nos Estados Unidos. O procurador de São Francisco anunciou esta terça-feira que os dois polícias serão acusados por agressão, ataque com uma arma mortal e violência corporal.

O vídeo do ataque que aconteceu a 12 de novembro permite ver um homem, mais tarde identificado como Stanislav Petrov, a correr numa rua, perseguido por dois polícias. Petrov era suspeito de ter tentado roubar um carro. Quando o homem parou de correr, um dos polícias atirou-o ao chão e começou a dar murros na cabeça do homem. Quando chega o segundo polícia, começa a bater em Petrov com o cassetete. O primeiro polícia sai de cima do homem e começa também a bater-lhe com o bastão, impedindo a vítima de se levantar.

O relógio da câmara que filmou o acontecimento mostra que o ataque terá durado cerca de um minuto.

https://www.youtube.com/watch?v=rrC8MEUUO7Y

O advogado de defesa de Petrov afirmou que, depois do ataque, os polícias terão roubado um fio de ouro à vítima e tê-lo-ão oferecido a dois sem-abrigo presentes no local, como forma de suborno para não contarem nada.

A mãe de Stanislav Petrov, Olga, não terá ficado satisfeita com as acusações aos polícias, afirmando que “estas acusações” representam uma “troça com a justiça” refere o The Guardian.

O procurador, no entanto considera que “as acusações contra o Wieber e o Santamaria são 100% apropriadas”.

Na sequência do ataque, Stanislav Petrov ficou com ossos na mão partidos, concussões, uma lesão cerebral ligeira e ainda várias lacerações no crânio. Petrov está preso por disparar uma arma de fogo ilegal e por tráfico de droga.