Uma equipa de cientistas do MIT descobriu uma fórmula que quando seca funciona como uma segunda pele. Os investigadores garantem que este método permite esconder rugas e papos nos olhos, por ter a elasticidade de uma pele jovem. Pode ser usada também como proteção solar e tem também a vantagem de manter a pele hidratada.

A fórmula ainda está em fase de testes e aguarda a aprovação das entidades reguladoras, mas o intuito é comercializá-lo como um produto de beleza. A substância em causa chama-se polímero de polisiloxano e foi criada através de moléculas de oxigénio e silicone.

A camada que cria sobre a pele é fina e extremamente elástica e pode ser usada durante muito tempo, já que deixa a pele respirar e é resistente à chuva e ao suor. Uma das maiores vantagens deste produto é que pode ser usado em qualquer parte do corpo. Os tratamentos antienvelhecimento mais eficazes a serem comercializados atualmente são geralmente indicados para um tipo de problema específico, como explica o ABC, que fez um levantamento dos das vantagens e desvantagens dos melhores métodos existentes.

As injeções de botox são um famoso método para travar os efeitos do envelhecimento. Funcionam através da paralisia ligeira dos músculos, que evita com que se contraiam e formem rugas. Este tipo de tratamento não é adequado para a zona inferior da cara e deve ser repetido a cada cinco ou seis meses. A mesma substância pode ser aplicada em creme. Esta técnica agrada quem tem pavor a agulhas, no entanto não é tão eficaz e é substancialmente mais cara.

Para a zona inferior do rosto, a solução pode passar pela estimulação da produção de colagénio através de um laser ou injeções de ácido hialurónico.

O lifting é um tratamento popular para contrariar a flacidez da pele, mas não combate o aparecimento de rugas.

A segunda pele parece vir revolucionar a indústria da beleza, por apresentar melhores resultados que os métodos existentes e sem acarretar outro tipo de riscos. A equipa de cientistas quer continuar a desenvolver o produto até que este seja capaz de suportar bem a água enquanto mantém as propriedades estéticas necessárias (como a invisibilidade). É importante, também, que o seu uso seja cómodo.

O polímero de polisiloxano poderá ser usado também para tratar pessoas com problemas de pele.