Um dos receios para quem viaja é a possibilidade de que aconteça algo desagradável em termos de segurança. Ser assaltado é o medo mais comum. Mas mesmo quando viaja para regiões ou locais mais hostis, é sempre possível seguir algumas regras para se tornar um alvo menos atraente para os bandidos. Conheça algumas das medidas sugeridas por um especialista da CIA ao site Business Insider para se tornar um viajante prevenido e passar despercebido.

Ser pró-ativo e não reativo

Antes de partir em viagem deve precaver-se e fazer cópias de todos os documentos e cartões que vai levar consigo. Outra precaução que deve tomar, em especial se a viagem for longa e implicar várias reservas (hotéis e/ou avião) é guardar os dados online, na sua conta de email, por exemplo, de forma a que possa aceder-lhes a qualquer momento. Evite confiar apenas no papel. Também não deve transportar todo o dinheiro no mesmo sítio, mas distribuí-lo. Além disso, aproveite para guardar uma quantia que possa usar em caso de emergência num sítio pouco habitual, como num frasco de creme vazio.

Utilizar uma carteira falsa

Um truque muito útil é ter uma carteira diferente da habitual para viajar. Nessa carteira “falsa” deve deixar as imitações de cartões de crédito que normalmente vêm com a carteira no momento da compra. E deve acrescentar também algumas moedas e notas de baixo valor. Se lhe roubarem a carteira assim não perde os documentos e não fica com os verdadeiros cartões bancários comprometidos. E se for ameaçado pode também atirar a carteira fora e obrigar o malfeitor a ter de escolher entre si ou o conteúdo da mesma.

Aprenda a escolher o lugar no avião

Para muitas pessoas que gostam de viajar, um dos pesadelos é pensar em subir a bordo de um avião, porque temem pela sua integridade física. Para minimizar o receio de andar de avião, pode seguir algumas dicas que o podem ajudar a sentir-se mais seguro. Uma delas é escolher um assento perto da janela e na parte traseira do avião. Se a aeronave for sequestrada este é um dos lugares mais protegidos. Ao longo do voo não se esqueça de ir verificando se o avião está a seguir o trajeto previsto. Evite identificar com detalhe a sua bagagem e se tiver obrigatoriamente que o fazer coloque os dados numa zona mais escondida (e evite referir a sua nacionalidade). Por último, evite discutir os detalhes da sua viagem com os restantes passageiros.

Cuidados a ter no hotel

Não ignore a planta de segurança que por regra está afixada atrás da porta do quarto e, se possível, faça uma cópia (tirando uma fotografia com o telefone, por exemplo). Quando fizer a reserva do quarto evite os andares mais baixos (rés-do-chão e primeiro), normalmente são menos seguros. O ideal é reservar num andar intermédio, que seja acessível pela escada dos bombeiros em caso de incêndio ou necessidade de evacuar o edifício. Sempre que sair do quarto deve deixar a mensagem “não incomodar” e a televisão ou rádio ligados para que possíveis intrusos achem que o quarto está ocupado.

Chaves na mão

Evite ter de ficar parado em frente ao carro ou porta do apartamento que alugou, especialmente se conhece mal a zona. O melhor é ter sempre as chaves na mão de forma a poder entrar rapidamente e evitar ficar mais tempo que o necessário numa posição vulnerável. Para além disso, as chaves podem também servir, numa situação extrema de ataque, de arma de arremesso.

Cuidado com os táxis

Redobre a atenção sempre que apanhar um táxi num país estrangeiro. Em algumas regiões do mundo, os táxis “falsos” são um meio comum de sequestrar turistas. Recorra apenas a serviços de táxi recomendados pelo hotel. Escolher um serviço oficial de táxis também reduz a probabilidade de poder ser assaltado (ou enganado).

“Em Roma, sê romano”

A melhor forma de passar despercebido e evitar ser identificado como turista e potencial alvo é comportar-se como os demais. Ou seja, deve tentar fazer um esforço para se vestir e se comportar como um natural do país que visita. Este conselho é especialmente válido se vai viajar para um país com costumes e hábitos muito diferentes dos seus. Por isso, antes da partida faça um pouco de pesquisa sobre o país ou países que vai visitar.