O Instituto Schillingsrain Schulheim, perto de Basileia, na Suíça, vai premiar os funcionários não fumadores com mais uma semana de férias por ano. A medida pretende incentivar os professores e outros funcionários a tornarem-se um bom exemplo para os alunos e restantes colegas, refere o jornal Independent.

A direção da escola aposta na adoção de estilos e hábitos de vida saudáveis e sem tabagismo e espera que a medida funcione como um incentivo aos fumadores para deixarem o hábito do tabaco.

A proposta partiu de um chefe de departamento e se a introdução do “bónus por ser um bom exemplo” vier a acontecer, os funcionários não fumadores vão ter direito a mais cinco dias de descanso por ano. Um funcionário da escola confirmou que a medida ainda não entrou em vigor.

A proposta será analisada depois das férias de verão, segundo o diário regional Basler Zeitung citado pelo The Local. Os trabalhadores fumadores fazem em média quatro pausas por dia para fumar, o que implica cerca de meia hora de tempo de trabalho diário a menos. A gestão da escola coloca uma forte ênfase na vida saudável e não na prestação laboral dos fumadores, refere o mesmo jornal. Os não-fumadores também “perdem” tempo em viagens até à máquina de café extra ou a navegar na internet.