Três explosões esta terça-feira fizeram pelo menos 58 mortos e mais de 100 feridos. As explosões aconteceram na sequência dos ataques constantes que têm sido levados a cabo pelo Daesh na última semana, na cidade de Bagdade.

Uma explosão num mercado no distrito de al-Shaabb da capital iraquiana fez 38 mortos e deixou mais de 70 feridos, tendo sido o ataque mais mortífero do dia.

Na área de al-Rasheed, um carro armadilhado matou seis pessoas e feriu pelo menos 21, segundo a polícia e as fontes de informação locais.

Outras 19 pessoas morreram e 15 ficaram feridas no norte de Bagdade, depois de um bombista suicida ter feito explodir um carro armadilhado.

O ataque em al-Shaabb foi reivindicado pelo Daesh. O auto proclamado Estado Islâmico afirmou que Abu Khattab al-Iraqi foi responsável pelo ataque, tendo atirado várias granadas e depois fez-se detonar com um cinto carregado de explosivos.

Ao longo da semana, o Daesh atacou vários pontos da cidade de Bagdade. Ao todo, desde quarta-feira foram onze os ataques registados, fazendo mais de 100 mortos ao longo da semana, aos quais se juntam agora mais 58.