O Presidente interino do Brasil, Michel Temer, garantiu ao presidente do Comité Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, que as olimpíadas do Rio de Janeiro deste ano se realizarão como previsto e todos os compromissos assumidos pelo país serão cumpridos.

A revelação foi feita pelo ministro Desporto, Leonardo Picciani, que numa conferência de imprensa em Brasília na segunda-feira afirmou que Michel Temer contactou Thomas Bach por telefone.

“O presidente do COI pode escutar do presidente Temer que todo o apoio e garantias pelo Estado à realização dos jogos serão efetivadas e cumpridas”, disse Leonardo Picciani, citado pela Agência Brasil.

O ministro do Desporto deu uma conferência de imprensa conjunta com o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, depois de ambos se terem reunido com Michel Temer. Os dois garantiram que os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro serão um “sucesso”, apesar da situação política no Brasil e do processo de impeachment (destituição) da Presidente Dilma Rousseff, aprovado na semana passada pelo Senado.

“Todos nós saímos mais seguros e convencidos do sucesso dos jogos. Existem questões a serem tratadas, mas dentro do cronograma. Lógico que em um evento desse tamanho existem questões a serem solucionadas, mas está tudo dentro do previsto”, disse Picciani.

Na reunião com Temer, dedicada aos Jogos Olímpicos, estiveram ainda os ministros da Defesa, da Casa Civil, da Justiça e Cidadania e do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência, além de comandantes das Forças Armadas e de departamentos governamentais ligados à segurança e organização de grandes eventos.

Leonardo Picciani disse que foram dadas garantias de que a segurança dos jogos está “absolutamente sob controlo” e que foi tudo “bem planejado”.