Vêm aí mais mudanças no Twitter. Segundo informação avançada pela agência Bloomberg, a rede social deverá deixar de contabilizar as imagens e hiperligações (links) para o limite de 140 carateres por mensagem (tweet). A alteração ainda não foi confirmada oficialmente.

Atualmente, todas as hiperligações e imagens adicionadas a um tweet consomem 23 carateres dos 140 permitidos. A mudança pode ser implementada nas próximas duas semanas e dará mais liberdade aos utilizadores para que escrevam mensagens maiores. Contactada pela Bloomberg, a empresa optou por não comentar.

Esta alteração terá como objetivo aumentar a flexibilidade naquilo que se pode fazer na rede social. Será também uma forma de incentivar os utilizadores a adicionarem mais conteúdo multimédia às publicações.

Em janeiro, o site de tecnologia Re/Code avançou que a rede social estaria a preparar-se para aumentar o limite para 10 mil carateres por publicação em março, algo que acabou por não se verificar. Na altura, muitos utilizadores mostraram-se indignados com a alteração, levando a uma reação da parte de Jack Dorsey, diretor executivo da empresa. Numa longa publicação na rede social, Dorsey não confirmava a informação, mas explicava que a utilização de capturas de ecrã com muito texto era uma tendência crescente e que o Twitter ia ao encontro daquilo que as pessoas queriam.

Mais tarde, em fevereiro, a rede social lançou a funcionalidade “mostrar primeiro os melhores tweets. A opção permite que, ao invés da ordem cronológica, as mensagens possam aparecer de forma personalizada — isto é, pela ordem selecionada por um algoritmo.