Sabe quantas personagens é que já morreram ao longo das seis temporadas da Guerra dos Tronos? Exatamente 73 (excluindo o flashback que mostra a morte de Arthur Dayne), de acordo com as contas da Time. O número é tão elevado que, muito provavelmente, já não se consegue recordar de metade. Por esse motivo, o Observador reuniu numa fotogaleria as 74 personagens que desapareceram sem deixar vestígios.

As mortes da famosa série da HBO estão por ordem cronológica, e vão desde a execução de Will, um jovem desertor da Patrulha da Noite, na primeira temporada, até à morte de Khal Moro, na sexta temporada. Mas, como alguns não tiveram o direito a aparecer, aqui fica a lista dos que ficaram de fora:

  • Rhaego, filho de Khal Drogo e Daenerys. O bebé nasceu morto, tal como previra Mirri Maz Duur na primeira temporada.
  • Hoster Tully, senhor de Correrio e pai de Edmure Tully, Catelyn Stark e Lysa Arryn. Morreu de doença, na terceira temporada.
  • Craster, um selvagem que vive para lá da Muralha com as suas mulheres e filhas. Foi assassinado por Karl Tanner, da Patrulha da Noite na terceira temporada.
  • Polliver, Mestre de Armas da Casa Lannister. Foi esfaqueado na garganta por Arya Stark.
  • Tansy, servo da Casa Bolton. Foi comido vivo pelos cães de Ramsay Snow, bastardo de Bolton.
  • Um homem que assistiu ao desfile de Cersei Lannister.