António Costa deu luz verde à recapitalização da Caixa Geral de Depósitos num valor que pode chegar aos quatro mil milhões de euros, confirmou o Expresso. Na quinta-feira, o Observador noticiou que era este o montante que estava em cima da mesa de António Domingues, o administrador executivo do BPI que se prepara para suceder a José de Matos ao leme do banco público. A injeção de um valor que vai além das necessidades imediatas do banco foi uma das condições impostas por Domingues para aceitar o cargo de administrador da Caixa.

Para além da recapitalização, o primeiro-ministro aprovou também a escolha de nova uma equipa por Domingues, que o acompanhará em antecipação à assembleia-geral do próximo dia 25 de maio. Costa concordou ainda em acabar com as disparidades salariais que existem entre membros da comissão executiva, seguindo uma recomendação do Banco Central Português.