A embaixada lusitana em Caracas vai realizar, de 26 a 29 de maio, um encontro com a cultura portuguesa em Caracas, uma iniciativa que pretende marcar a presença lusa na Venezuela e assinalar o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

O encontro “Portugal na Venezuela” inclui duas exposições fotográficas sobre “A grandeza do passado” e o “Azulejo português”, a apresentação de um concerto de música portuguesa com a cantora de fados luso-venezuelana Andrea Imaginário e um concerto de música renascentista portuguesa com o grupo venezuelano Ensamble Zarabanda.

Do programa, cuja entrada é gratuita, faz parte ainda a atuação de vários grupos folclóricos.

O Portugal na Venezuela conta com o apoio de vários organismos portugueses, entre eles o Instituto Camões, a empresa estatal Petróleos da Venezuela SA, a Teixeira Duarte e os bancos Plaza (luso-venezuelano), o Santander Totta e a Caixa Geral de Depósitos, entre outros.