As equipas de resgate mobilizadas em Lobios encontraram, este domingo, o corpo de um português que estava desaparecido desde sábado.

Apesar de ter sido localizado o corpo do português, que praticava canyoning – um desporto que consiste na exploração progressiva de um rio, vencendo os obstáculos com a ajuda de técnicas de escalada – num vale em Lobios, um município da Galiza, o governo espanhol afirma que as equipas só o podem recuperar na terça-feira, para evitar outro desastre. Segundo as autoridades, o local é de difícil acesso, informa o Faro de Vigo.

O português, natural do Porto, estava a praticar canyoning e terá ficado preso entre uma pedra e uma cascata junto ao rio Caldo, de acordo com as três pessoas que acompanhavam o português.

O governo espanhol mobilizou a Guarda-Civil, a Proteção-Civil, as Urgências Médicas e o Serviço da Guarda Costeira da Galiza.

O cannyoning é um desporto que consiste na exploração de um rio, com o auxílio de material de escalada.