João Moutinho afirmou esta segunda-feira que Portugal quer fazer história no Euro 2016 de futebol, ao conquistar pela primeira vez a competição, e garantiu que vai chegar à fase final, em França, completamente recuperado dos problemas físicos.

“Conquistar o Europeu é um sonho, uma ambição. Penso e tenho a certeza que podemos. Temos que encarar os jogos com a máxima seriedade. Temos primeiro que passar um grupo difícil, mas o nosso foco é em vencer o Euro. Sabemos que há equipas favoritas e com mais historial, mas nós vamos fazer o nosso”, afirmou o médio de 29 anos.

Em conferência de imprensa, no segundo dia de preparação da seleção portuguesa na Cidade do Futebol, em Oeiras, o jogador do Mónaco explicou que o seu principal objetivo é, para já, chegar ao primeiro jogo da competição, com a Islândia, a 14 de junho, a 100 por cento, depois de uma temporada com algumas lesões.

“Estas semanas antes da competição serve para melhorar a condição física. Tenho uma dor ou outra, mas é normal. São muitos jogadores a estarem fora do Europeu devido a lesão. Queria estar bem para ser um dos selecionados”, referiu Moutinho.

Mesmo sendo um dos mais internacionais (81) do grupo de 23 jogadores convocados pelo selecionador Fernando Santos, o antigo médio de Sporting e FC Porto negou que tenha algum estatuto especial dentro da equipa e destacou a “evolução extraordinária” de João Mário e Renato Sanches, seus ‘rivais’ na luta por um lugar no ‘onze’.

“Não podemos olhar para estatutos. O que importa é chegar a 100 por cento ao Campeonato da Europa e, se for chamado, vou tentar a ajudar da melhor forma e dar o máximo. Se ficar de fora, vou torcer pelos meus companheiros”, disse.

Questionado sobre uma possível saída do Mónaco e um regresso ao FC Porto, João Moutinho assumiu que gostaria no futuro voltar a vestir a camisola dos ‘dragões’, mas não desvendou se será já a partir da próxima temporada.

“Não é relevante agora falar nisso. Claro que gostaria um dia de voltar ao FC Porto. Foi um clube que me marcou que gosto e que apoio. Vi com tristeza não ganhar a Taça de Portugal, mas o FC Porto vai estar mais forte e de certeza que vai conquistar mais títulos daqui para a frente”, considerou.

A seleção portuguesa de futebol realiza hoje dois treinos, um às 10h30 e outro durante a tarde, na Cidade do Futebol.

A primeira semana de preparação de Portugal para o Euro 2016 será feita em regime livre, em que os jogadores terão apenas a obrigação de se apresentar durante os treinos, tendo total independência antes e depois dos trabalhos da seleção nacional.

Na fase final do Euro 2016, que arranca a 10 de junho em França, Portugal vai disputar o Grupo F com Islândia, Áustria e Hungria.