O jornal LA Times avança que a polícia americana descartou esta terça-feira uma ameaça de bomba num avião no Aeroporto de Los Angeles, nos Estados Unidos. Após unidades da brigada de inativação de explosivos do FBI terem investigado o interior da aeronave, conclui-se que se tratava de um falso alarme.

“Embora uma avaliação seja sempre realizada na sequência de uma ameaça, não há nenhuma ameaça credível para a aeronave ou para os passageiros, este momento”, afirmou Laura Eimiller, porta-voz do FBI, citada pelo LA Times. Eimiller disse ainda que as autoridades estão a investigar a “pessoa ou o grupo de pessoas” responsáveis pelo falso alerta.

Segundo relata a publicação, as autoridades receberam o alerta às 16h37 (horário de Lisboa), no voo 5931 da empresa Compass Airlines, com origem no aeroporto Houston George Bush Intercontinental Airport, na cidade de Houstou. A ameaça obrigou o avião a parar na extremidade do aeroporto, de modo a garantir a segurança do local.

O canal KTLA noticiou que a aeronave terá aterrado em segurança em Los Angeles e os seus 71 passageiros foram evacuados quando foi recebida a notícia da possível ameaça, através de uma chamada telefónica feita num call center em Houston.