O guarda-redes Iker Casillas, do FC Porto, integra o lote definitivo, esta terça-feira anunciado, dos eleitos da Espanha para o Euro 2016 de futebol, ao contrário de Isco (Real Madrid) e Saúl Ñiguez (Atlético de Madrid).

O selecionador Vicente del Bosque excluiu, por opção técnica, os dois jogadores dos 25 pré-convocados, assim como o madridista Dani Carvajal, por lesão, e assegurou que “o plantel ficou equilibrado”, em declarações proferidas em Salzburgo, na Áustria, onde a equipa se encontra em preparação para a defesa do título europeu.

“Tivemos que escolher e preferimos os que estão”, disse Del Bosque, que assumiu ter usado como critério “dois jogadores para cada posição, à exceção da baliza”, razão pela qual referiu outras ausências, como Juan Mata e Santi Cazorla.

A Espanha integra o grupo D, juntamente com a República Checa, a Turquia e a Croácia.

Lista dos 23 convocados da Espanha:

  • Guarda-redes: Iker Casillas (FC Porto/POR), David de Gea (Manchester United/ING) e Sergio Rico (Sevilha).
  • Defesas: Sergio Ramos (Real Madrid), Héctor Bellarín (Arsenal(ING), Gerard Piqué, Jordi Alba, Marc Bartra (FC Barcelona), César Azpilicueta (Chelsea/ING) e Juanfran Torres (Atlético de Madrid).
  • Médios: Mikel San José (Athletic Bilbau), Bruno Soriano (Villarreal), Sergio Busquets e Andrés Iniesta (FC Barcelona), Koke Resurrección (Atlético de Madrid), Thiago Alcántara (Bayern Munique/ALE), Cesc Fábregas (Chelsea/ING) e David Silva (Manchester City/ING).
  • Avançados: Pedro Rodríguez (Chelsea/ING), Aritz Aduriz (Athletic Bilbao), Manuel Agudo ‘Nolito’ (Celta de Vigo), Álvaro Morata (Juventus/ITA) e Lucas Vázquez (Real Madrid).