A criança que foi deixada numa floresta do Japão pelos pais como forma de castigo continua desaparecida. Polícia estuda a possibilidade de acusar os pais por negligência.

Yamato Tanooka, de 7 anos de idade, foi deixado numa floresta no Japão e está desaparecido há quatro dias. Cerca de 180 polícias e bombeiros estão à procura da criança num local onde existe um grande número de ursos.

As buscas pela criança, cujos pais admitiram que a deixaram na floresta como castigo durante breves momentos, ganharam uma grande cobertura por parte das televisões japonesas. Num comentário feito a um repórter, o pai do rapaz afirmou: “Sinto-me muito mal pelo sucedido. Peço desculpa por ter causado tantos problemas a tanta gente”.

A polícia afirma que está a ponderar acusar os pais de Yamato por negligência, sendo que já começaram a usar cães e cavalos para entrar as zonas mais profundas da floresta em busca da criança.