“Not your daddy’s Volvo” (este não é o Volvo do paizinho) – foi assim que a Volvo começou a levantar um pouco o véu e a deixar ver os contornos da futura série 40. A linguagem, bastante jovial, ajustava-se ao Snapchat – a rede social escolhida pela marca sueca para ir aguçando a curiosidade dos mais novos. Mas foi aos mais velhos – e não pelo Snapchat – que chegou a confirmação oficial: os teasers divulgados referiam-se a dois protótipos que antecipam o que virá a ser a nova série 40 de acesso à sua gama. Os paizinhos que se preparem, pois estão na calha três modelos com base nestes concepts – um hatchback ao estilo do actual V40, a sua derivação mais aventureira V40 Cross Country (que deverá passar a adoptar a designação XC40) e um sedan (provavelmente identificado pela sigla S40).

Apostando no design arrojado, tanto interior como exteriormente, esta antevisão do rumo que a Volvo pretende seguir no que diz respeito aos seus modelos compactos, promete ainda níveis ímpares de conectividade, motores eléctricos, novas soluções de condução autónoma e pacotes de segurança anunciados como os mais completos do mercado.

A futura geração da gama mais acessível da Volvo vai continuar a ter uma versão três volumes, provavelmente denominada S40

Na base destes protótipos, tal como na dos modelos de produção em série que dos mesmos derivarão, está a nova plataforma modular CMA (Compact Modular Architecture) da marca sueca, que já foi projectada para permitir disponibilizar uma versão eléctrica e várias variantes híbridas plug-in, contribuindo para o objectivo da casa nórdica de vender, até 2025, um milhão de automóveis eléctricos em todo o mundo.

O vice-presidente sénior de design da Volvo, Thomas Ingenlath, revela o que se pode esperar dos novos modelos da marca sueca, agora controlada pelos chineses da Geely: serão mais arrojados e provocadores sob o ponto de vista estético, partilharão uma plataforma única que pode aumentar ou diminuir, em comprimento e largura, estando desde já pensada para acolher as baterias das versões eléctricas e híbridas. Veja o vídeo:

[jwplatform X8C08EQS]