A Guarda Nacional Republicana (GNR) anunciou a detenção de 74 pessoas, a maioria por condução sob o efeito do álcool, em várias operações que realizou, entre as 20:00 de sexta-feira e as 08:00 de sábado, em todo o país.

Das 74 pessoas detidas nas operações, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta e a fiscalização rodoviária, 38 foram por condução sob o efeito do álcool, 12 por conduzirem sem habilitação legal e quatro por tráfico de estupefacientes.

Foram ainda apreendidas 246 doses de haxixe e três armas brancas, adianta a Guarda Nacional Republicana em comunicado.

No âmbito da fiscalização rodoviária, os militares da GNR detetaram 459 infrações, a maioria (194) por excesso de velocidade.

As restantes infrações deveram-se a condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei (72), irregularidades relacionadas com tacógrafos (54), falta de inspeção periódica obrigatória (47), falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças (37).

Houve ainda 30 infrações por uso indevido do telemóvel e 12 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório.

No período que decorreu as operações, a GNR registou 89 acidentes rodoviários, dos quais resultaram cinco feridos graves e 33 feridos leves.