O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, abre hoje a 53.ª edição da Feira Nacional da Agricultura (FNA), certame que decorre em Santarém até dia 12, com a fruta portuguesa em destaque.

Com mais de mil expositores de toda a fileira presentes nos cerca de 40 hectares do Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas (CNEMA), em Santarém, a FNA privilegia o contacto dos produtores com os consumidores, aposta patente no salão Prazer de Provar, onde estarão presentes produtos que representam “o melhor da agricultura” nacional.

Por outro lado, procura mostrar ao país um setor que envolve já uma “componente tecnológica elevadíssima”, devendo-se o destaque dado este ano à fruta nacional à importância que tem vindo a assumir nos hábitos alimentares dos portugueses e pelo peso que representa na economia nacional, segundo a organização do certame.

Com um vasto programa de ações destinadas a técnicos e produtores, a FNA integra “a cultura e tradição” da Feira do Ribatejo, que vai na sua 63.ª edição, mantendo manifestações “muito ribatejanas” como as largadas de touros, os concursos e provas de campinos, a presença do cavalo e da animação com ranchos folclóricos.

Dez restaurantes darão a provar a carne de raças autóctones e a cozinha ribatejana, existindo ainda outros espaços de restauração no pavilhão que é dedicado também ao artesanato e as tasquinhas de clubes e associações do concelho.

Centenas de animais — equinos, bovinos, suínos, ovinos e caprinos, galinhas poedeiras — ocupam uma vasta área exterior, onde existe igualmente um pomar, culturas de soja, girassol, luzerna, milho, sorgo, girassol e espaço para demonstrações de máquinas e equipamentos.

Na nave B, os expositores institucionais partilham o espaço com as 70 empresas do distrito que participam na Fersant, feira organizada pela Associação Empresarial da Região de Santarém, que nos últimos anos passou a decorrer em simultâneo com a FNA, a exemplo da Lusoflora de verão, que permitiu trazer a presença das flores ao certame.

Este ano, com o espaço de animação para os mais jovens deslocado para o topo das bancadas da manga da feira — onde foi instalado um “clube lounge” e discoteca, com animação de DJ e eventos dinamizados pelo Teatro Sá da Bandeira –, apenas existirá um palco para a realização dos concertos com os C4 Pedro, David Antunes e The Midnight Band, Dama, David Fonseca e Agir.