Uma pessoa morreu e duas ficaram feridas com gravidade na sequência de uma rixa perto de uma discoteca na zona de Corroios, no Seixal. Um suspeito foi detido esta tarde e está a ser interrogado pelas autoridades, avança a agência Lusa.

O suspeito foi identificado e localizado durante a tarde na zona da Amadora e está com os investigadores da Polícia Judiciária (PJ). O homem é suspeito da autoria dos disparos que provocaram a morte de um jovem de 24 anos e ferimentos graves em duas outras pessoas, que foram transportadas para o Hospital Garcia de Orta, em Almada.

Uma fonte policial explicou à agência Lusa que “o principal suspeito” dos disparos foi encontrado na freguesia da Mina, no concelho da Amadora, identificado e encaminhado para a Esquadra de Investigação Criminal (EIC) da Amadora da Polícia de Segurança Pública. Cerca das 20h00, inspetores da PJ ainda se mantinham nas instalações.

O incidente ocorreu cerca das 7h00 deste domingo junto à discoteca Glow, na zona industrial de Corroios, onde foram ouvidos disparos. As autoridades foram chamadas a intervir às 7h30. A rixa envolveu seguranças e clientes de uma discoteca e disparos, alegadamente, feitos a partir de uma viatura, revelou fonte policial à agência Lusa.

A vítima mortal terá sido alvejada nas costas e transportada em paragem cardiorrespiratória para o Hospital Garcia de Horta, onde acabou por falecer. De acordo com a SIC, o jovem era conhecido por ‘Johnny’ e tinha 24 anos. Os dois feridos, dois irmãos, terão recebido golpes de uma arma branca.

As operações de socorro mobilizaram seis operacionais e três ambulâncias dos Bombeiros do Seixal, além da viatura médica de emergência e reanimação (VMER) de Almada e a PSP.

As autoridades desconhecem os motivos que estiveram na origem da rixa e estão à procura dos suspeitos que terão fugido do local do crime numa viatura e a investigação do crime já está nas mãos da PJ.

A Glow está localizada na zona industrial de Santa Maria de Corroios. Na noite de sábado realizou uma festa de música cabo-verdiana que terá atraído centenas de pessoas, a maioria proveniente da linha de Sintra, Monte Abraão, Queluz e Amadora.