A Câmara de Braga vai servir “pela primeira vez” refeições nas férias de verão aos alunos carenciados do concelho, sendo que aquela é uma medida que pode beneficiar 2.000 crianças, anunciou esta segunda-feira a autarquia na reunião do executivo.

Contactada pela agência Lusa, fonte na autarquia esclareceu que a medida anunciada pelo executivo liderado por Ricardo Rio terá inicio a 13 de junho e que o “universo” de crianças que pode ser beneficiada corresponde aos alunos do escalão A e B, ou seja, os escalões com menores rendimentos e nos quais estão inseridas 2000 crianças no concelho de Braga.

A referida fonte alertou ainda que é preciso “proceder à inscrição” das crianças para que estas possam usufruir das refeições.

Segundo explicou, “não é possível calcular já o custo do fornecimento de refeições nas férias do verão porque só após a fase de inscrições será conhecido o número total de crianças abrangidas”.

O custo de cada refeição é, apontou a fonte, “mais ou menos dois euros mais IVA” por criança.

“Esta medida vai durar até ao início do ano letivo 2016/2017”, garantiu.