Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A operação que a PSP encetou esta manhã em vários pontos da Grande Lisboa, para deteção de armas, terminou sem que tivessem havido detidos ou apreendidas armas ou droga, disse a polícia à Lusa. A operação começou por volta das 7h00 desta segunda-feira.

Segundo Hugo Abreu, subcomissário da PSP de Lisboa, a operação decorreu na sequência de um “processo de investigação por tráfico e posse de armas em alguns pontos [da Área Metropolitana de Lisboa], como Alcabideche (Cascais), bairro do Casalinho da Ajuda (Lisboa), Ameixoeira (Lisboa), Cascais, Loures e Oeiras”.

“Foram feitas 31 buscas domiciliárias a partir das 07h00. O balanço da operação não é muito expressivo: não houve detenções e não foram apreendidas armas ou droga. Foi apreendida uma máquina de tabaco furtada e vários objetos importantes para investigações que possam estar em curso”, afirmou.

Na operação, que terminou por volta 10h00, participaram cerca de 200 homens de unidades especiais da PSP, nomeadamente do Grupo de Intervenção, do Corpo de Investigação Criminal e do Grupo Operacional Cinotécnico.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR