Um carro-bomba explodiu junto de uma esquadra policial na província de Mardin, no sudeste da Turquia, esta quarta-feira. O ataque surgiu cerca de 24 horas depois de um outro atentado a um autocarro da polícia, que vitimou 11 pessoas. As autoridades já confirmaram que há três mortos, incluindo polícias, no rescaldo deste ataque. E as agências noticiosas apontam, também, para cerca de 30 feridos.

O atentado ocorreu na vila de Midyat, na província de Mardin, perto da fronteira com a Síria.

Nas imagens consegue ver-se que a fachada de um edifício ficou completamente desfeita, com a explosão a causar uma grande nuvem de fumo na zona.

A Turquia tem sido palco de vários ataques nos últimos meses, com os rebeldes do chamado PKK a atingir, como alvos preferenciais, as forças policiais turcas.