Um avião da transportadora Ryanair aterrou de emergência na terça-feira em Colónia, Alemanha, depois de a tripulação ter detetado um odor a fumo a bordo. O avião, que partiu de Dusseldorf com destino ao aeroporto Sá Carneiro, no Porto, aterrou em segurança em Colónia e foi examinado em terra. Segundo o Jornal de Notícias, a viagem terá sido reagendada para esta madrugada.

O Boeing 737-800 chegou a estar no espaço aéreo belga mas alterou a rota para a cidade alemã de Colónia quando a tripulação afirmou que existia um odor estranho, semelhante a fumo. Antes de aterrar de emergência, segundo o Aviation Herald, a tripulação informou os serviços em terra de que não tinha sido encontrado qualquer sinal de fogo a bordo.

Mas, segundo disse um passageiro ao Jornal de Notícias, “toda a gente deu conta, passageiros e tripulação”. Eduardo Aires, o passageiro, diz que não houve pânico a bordo. “Ansiedade, sim, mas pânico não”.

Em comunicado oficial da Ryanair, a transportadora escreve que “o voo foi desviado para Colónia como medida de precaução depois de a tripulação ter detetado um odor inofensivo na cabine”. Não foi encontrado qualquer sinal de fumo no avião.

A transportadora acrescenta que “o avião aterrou normalmente e os clientes desembarcaram” e nota que “os passageiros receberam vouchers para comprarem refrescos e, para minimizar o atraso, a Ryanair disponibilizou uma aeronave de substituição”.

No site da ANA Aeroportos de Portugal, o voo aparece como Cancelado. Previa-se que este avião chegasse ao Porto ao final da tarde de terça-feira.