Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Derivação daquela que é, até ao momento, a versão mais “venenosa” da família Série 2, o M2 GranCoupé surge como a mais recente resposta da BMW a modelos como o Audi RS3 Limousine ou o Mercedes-AMG CLA 45, utilizando um motor longitudinal e tracção traseira, ao contrário dos rivais, equipados com motores transversais e quatro rodas motrizes, avança a Autocar.

Tal como o “irmão”, o futuro M2 GranCoupé recorrerá ao mesmo seis cilindros 3,0 litros turbo com 370 cv já conhecido do M2 Coupé, podendo estar associado tanto uma convencional caixa manual de seis velocidades, como a uma transmissão automática de dupla embraiagem e sete velocidades. Argumentos que lhe permitirão oferecer prestações idênticas às do M2 e que passam por uma aceleração dos 0 aos 100 km/h em 4,5 segundos (caixa manual), com a velocidade máxima limitada electronicamente a 250 km/h.

Embora a marca tente manter o secretismo em relação às linhas exteriores, informações vindas da própria BMW revelam que por tomar estará igualmente a decisão final quanto à configuração do M2 GranCoupé – se adoptará a tradicional disposição quatro portas usada nos Série 4 e 6, ou se optará por uma mais radical configuração cinco portas.

Face à necessidade de incluir duas portas traseiras idênticas às da frente, além de espaço suficiente para as pernas nos lugares traseiros, tudo leva a crer que o novo M2 GranCoupé terá por base uma plataforma de dimensões acima dos 2,620 mm que a do Coupé exibe, mas também menos comprida que a utilizada no Série 3.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

De acordo com a imprensa internacional, os responsáveis da BMW estarão a equacionar igualmente o lançamento de uma versão híbrida plug-in do Série 2 GranCoupé, tendo por base o três cilindros 1,5 litros turbo já utilizado pelo fabricante, acompanhado de um motor eléctrico e de uma caixa automática de oito velocidades.

Com uma bateria de iões-lítio posicionada no fundo da bagageira, o 225e GranCoupé deverá anunciar uma autonomia em modo eléctrico de mais de 50 quilómetros.