Do manjerico à sardinha de loiça, ter uma casa vestida para os santos populares não requer mais do que um regador de água ou um prego na parede. Mas estamos em junho e, pelo menos em Lisboa — a primeira cidade a encher-se de grinaldas de papel para festejar o Santo António –, já há um arraial montado em cada esquina. Quer isto dizer que, seguindo a tradição, o manjerico no vaso ou a sardinha pendurada na parede não chegam para honrar devidamente o espírito da época. Sobretudo quando há aventais estampados a pensar na ocasião, tronos de Santo António para montar em casa ou até grelhadores a pedirem sardinhas e pimentos assados, no caso de quem tem um quintal.

Quer queira fugir da confusão do próximo fim de semana ou duplicar a festa no conforto do lar, reunimos uma lista de compras para assentar arraiais em casa, na fotogaleria.