Um buraco numa das principais avenidas de Ottawa causou uma fuga de gás, destruiu a avenida e forçou a evacuação de todas as empresas no local, avança esta quarta-feira a agência AFP. O buraco localiza-se próximo do Parlamento canadiano e não provocou feridos.

Em conferência de imprensa, o presidente da Câmara de Ottawa, Jim Watson, disse que ainda não se sabe qual foi a causa do incidente, mas tentou minimizar o problema: “Nenhuma cidade quer ver este tipo de buraco, mas posso dizer-lhes, se olharmos para trás no último ano, que provavelmente há um grande buraco em cada cidade pelo menos uma vez por semana, em algum lugar na América do Norte ou ao redor do mundo”, defendeu-se, citado pela AFP.

Watson, no entanto, acredita que o buraco possa estar relacionado com as obras que estão a ser realizadas para a expansão de uma linha de metro próxima do local. De acordo com Steve Cripps, responsável no governo pelo sistema ferroviário, os trabalhadores estavam a escavar os últimos 50 metros da obra, quando a cratera começou a ser formada. “Esta é uma área onde fizeram todas as coisas de maneira sensata”, afirmou ao canal canadiano CBC.

Segundo descreve o canal, o buraco apareceu por volta das 15h30 (horário de Lisboa), próximo do cruzamento das ruas Rideau e Sussex Drive, e à entrada de um centro comercial. Alguns minutos depois, o buraco já se estendia em toda a largura das quatro pistas da avenida. As autoridades já avançaram que vão fazer uma reorientação no trânsito do local e suspenderam momentaneamente a construção do metro.

As imagens do buraco ganharam rapidamente as redes sociais e tornaram-se alvo de memes.