Pawel Dawidowicz. Não sabe quem é? É o médio defensivo do Benfica B. Sim, leu bem: “B”. E mesmo a jogar na Segunda Liga cá do burgo, foi chamado pelo selecionador Adam Nawałka. Provavelmente nem vai tomar o gostinho à relva em França, mas lá que é obra ser convocado, é; Dawidowicz nem titular de caras no Seixal é, quando mais na seleção. Mas falando dos titulares — e do que podem ou não fazer em França –, tudo vai girar em volta de um homem só: Robert Lewandowski. Se ele marcar, e sobretudo se marcar primeiro que os adversários da Polónia, os polacos já estão na frente. Depois, caberá a Wojciech Szczesny, o elástico guarda-redes da Roma, segurar a vantagem.

A defesa não é lá grande espingarda para o ajudar nessa hercúlea missão. Valha-lhes o lateral, Lukasz Piszczek, que é do Dortmund e uma seta sempre apontada ao ataque na ala direita. O meio-campo, também grande espingarda não é, mas tem um médio loirinho e matulão, defensivo no papel (mas todo-o-terreno na prática), Grzegorz Krychowiak, que venceu mais uma Liga Europa pelo Sevilha — e tem o Arsenal e o Barcelona à perna para o contratarem. Em suma: é Lewandowski contra o mundo. O que sempre é melhor do que se ir contra o mundo e nem Lewandowski ter.

separador_o_onze

Wojciech Szczesny; Lukasz Piszczek, Kamil Glik, Bartosz Salamon e Jakub Wawrzyniak; Tomasz Jodlowiec, Grzegorz Krychowiak, Kamil Grosicki e Maciej Rybus; Robert Lewandowski e Arkadiusz Milik

separador_treinador

Adam Nawałka

craque (2)

Robert Lewandowski

Convocados

Guarda-redes: Artur Boruc (Bournemouth), Lukasz Fabianski (Swansea), Wojciech Szczesny (Roma) e Przemyslaw Tyton (Stuttgart).

Defesas: Thiago Cionek (Palermo), Kamil Glik (Torino), Artur Jedrzejczyk (Legia Warsaw), Michal Pazdan (Legia Warsaw), Lukasz Piszczek (Borussia Dortmund), Bartosz Salamon (Cagliari) e Jakub Wawrzyniak (Lechia Gdansk).

Médios: Pawel Dawidowicz (Benfica), Jakub Blaszczykowski (Fiorentina), Kamil Grosicki (Rennes), Tomasz Jodlowiec (Legia Warsaw), Bartosz Kapustka (Cracovia), Grzegorz Krychowiak (Sevilla), Karol Linetty (Lech Poznan), Krzysztof Maczynski (Wisla Krakow), Slawomir Peszko (Lechia Gdansk), Maciej Rybus (Terek Grozny), Filip Starzynski (Zaglebie Lubin), Pawel Wszolek (Hellas Verona) e Piotr Zielinski (Empoli).

Avançados: Robert Lewandowski (Bayern Munich), Arkadiusz Milik (Ajax), Artur Sobiech (Hanover) e Mariusz Stepinski (Ruch Chorzow).