Quatro pessoas ficaram feridas depois de a polícia australiana ter disparado sobre um homem que manuseava uma faca num centro comercial em Sidney, esta quinta-feira.

O jovem, que foi identificado como Jerry Sourian, estaria a vaguear pelo centro comercial balbuciando palavras incompreensíveis, segundo alguns testemunhos. Sourian terá tentado atacar uma das agentes com a faca que tinha na mão – “com mais de quinze centímetros de lâmina”, informaram as autoridades – antes de a polícia disparar sobre ele três vezes. Segundo o site noticioso News, Sourian foi baleado no braço, na coxa e no abdómen.

Alguns fragmentos de balas atingiram três clientes no centro comercial. As mulheres foram feridas nos membros inferiores e no abdómen, mas encontram-se em estado estável.

Um vídeo publicado no Twitter da Nine News Sydney mostra uma das agentes a pedir desculpa a uma das mulheres que foi alvejada. As mulheres tinham entre 60 e 82 anos, informou uma fonte policial.

Segundo um porta-voz da polícia de Sydney, os agentes tinham opção de utilizarem tasers, mas que numa “situação de vida ou morte” a escolha teve de ser feita em poucos segundos. Será aberto um inquérito à ação policial.

Jerry Sourian tinha fugido de um hospital psiquiátrico em Sidney duas semanas antes do ataque e está de momento sob detenção na esquadra.