O candidato a secretário-geral das Nações Unidas Yuk Jeremic, sérvio, foi recebido nesta sexta-feira pelo Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, a quem solicitou apoio à sua pretensão. Yuk Jeremic disse à imprensa, saída da audiência, que o encontro com o chefe de Estado angolano foi “muito caloroso “e refletiu as boas relações entre Angola e a Sérvia.

Segundo Yuk Jeremic, caso seja eleito Secretário-geral da ONU as questões do continente africano serão prioridade, tal como já aconteceu quando foi Ministro dos Negócios Estrangeiros do seu país. “Esperamos no final deste ano, quando o Conselho de Segurança das Nações Unidas se reunir para a eleição do Secretário-geral da ONU, possamos mais uma vez contar com o apoio da República de Angola neste sentido”, expressou Yuk Jeremic.

O antigo ministro dos Negócios Estrangeiros da Sérvia foi igualmente presidente da Assembleia-geral das Nações Unidas. Também o antigo primeiro-ministro português e ex-Alto-Comissário das Nações Unidas para os Refugiados, António Guterres, esteve em março em Angola a solicitar igualmente apoio à sua candidatura para o lugar exercido atualmente por Ban Ki-moon.