Quando pensa no estilo festivaleiro é provável que o mediático Coachella Music and Arts Festival lhe venha à cabeça. O deserto californiano pede calções curtos, sandálias ao estilo gladiador e padrões tribais. Já um festival citadino como o NOS Primavera Sound — ou mesmo o seu primo direito, o Primavera Sound de Barcelona — merece uns ténis confortáveis e um casaco bomber (de preferência, impermeável) para sobreviver ao vento e aos aguaceiros que apareceram sem convite.

Leonor Poeiras fez as honras do Parque da Cidade, no Porto, com um conjunto total da marca BCBG — exceto os ténis Converse — e venceu o prémio de melhor look do primeiro dia. A apresentadora escolheu um vestido fluído branco e um casaco com pormenores bordados que representam o ADN de um dos festivais mais importantes da Europa à risca. “Não me considero uma seguidora de tendências porque visto sempre aquilo que gosto”, contou ao Observador. “Como queria vir descontraída, optei por calçado confortável e peças leves.”

IMG_7026 v2

Encontrámos Leonor Poeiras à entrada do recinto do primeiro dia e as expectativas ficaram altas. (foto: Michael Matias/Observador)

Em território alternativo do pop/rock e da eletrónica também não faltaram óculos de sol extravagantes, mochilas com padrões abstratos e silhuetas oversized acompanhadas de sorrisos de orelha a orelha. Os cabelos entrançados foram substituídos pelas tradicionais coroas de flores verdadeiras cedidas pela organização e por apanhados laterais como coques de samurai. Surpreendemente, contam-se pelos dedos das mãos o número de gargantilhas, tatuagens temporárias e autocolantes para usar na testa que entraram pelas portas do recinto. A prova viva de que o NOS Primavera Sound não segue tendências, cria-as com estilo.

Nos Primavera sound 2016, 2016, dia 01, life style, streetstyle,

Na falta de coroas de flores e penteados entrançados, a festivaleira Nance Matoso optou por um apanhado com dois carrapitos laterais. (foto: Michael Matias/Observador)

A par do elevado número de estrangeiros (metade dos passes gerais da 5ª edição foram vendidos no estrangeiro, em 60 países), o relvado do Parque da Cidade foi ainda pisado por ténis arrojados e meias que deixaram muitos festivaleiros a olhar para o chão. As meias querem-se subidas e com cores vivas e padrões divertidos, para todos os gostos e feitios.

Nos Primavera sound 2016, 2016, dia 02, life style, streetstyle,

Não faltaram ténis prateados com smiles e meias às bolinhas transparentes para animar o céu nublado dos primeiros dias. (foto: Michael Matias/Observador)

O Observador instalou-se no Parque da Cidade e andou, de palco em palco, à procura dos festivaleiros com mais pinta no dia 9 e 10 de junho do NOS Primavera Sound. As expectativas estavam altas e foram correspondidas com desfiles improvisados de moda irreverentes que pode ver em fotogaleria. O evento termina este sábado com um cartaz que promete: Air, Explosions in the Sky e Moderat.