O social-democrata Pedro Santana Lopes vai decidir antes de ir de férias se concorre ou não à presidência da Câmara Municipal de Lisboa, avançou ao semanário Sol. Até meio de julho, o ex-autarca acabará com as dúvidas em torno do nome que o PSD deverá apoiar nas autárquicas de 2017.

Admitindo que “têm sido muitas as pessoas a insistir” para avançar com uma candidatura, Santana Lopes sublinhou que é preciso tomar uma decisão “rapidamente”. O mandato na Santa Casa da Misericórdia só termina em 2019 e a sua “orientação, em princípio” será a de cumpri-lo até ao fim, explicou.

O nome de Santana Lopes também tem sido um dos falados para uma eventual candidatura à presidência da Área Metropolitana de Lisboa, que no próximo ano poderá eleger o seu presidente por voto direto pela primeira vez. Mas o ex-autarca disse ao jornal Sol que “nunca pensou nisso verdadeiramente”.

O Conselho Nacional do PSD vai definir o perfil do candidato às autárquicas de 2017 no final de julho.