O jamaicano Usain Bolt admitiu neste domingo estar dececionado com a possibilidade de ter de devolver a medalha de ouro dos 4×100 metros dos Jogos Olímpicos Pequim2008, devido ao controlo positivo de Nesta Carter. “É uma coisa que me entristece. Durante anos trabalhamos para colecionar medalhas de ouro, para ser campeão. Isto parte-me o coração”, disse Bolt, ao jornal jamaicano The Gleaner.

Apesar de se dizer dececionado, Bolt garante que, se tiver de devolver a medalha, vai fazê-lo sem problemas. Um novo teste da amostra A recolhida a Carter em Pequim2008 revelou vestígios de methylhexaneamine, o que coloca em perigo o título jamaicano nos 4×100 metros. Os resultados dos testes à amostra B ainda não são conhecidos.

Carter, de 30 anos, fez o primeiro percurso na final dos 4×100 metros em Pequim, numa equipa que também tinha Michael Frater, Asafa Powell e Bolt e que correu a distância em 37,10 segundos (recorde mundial), à frente de Trinidad e Tobago e do Japão. Apesar de poder perder um título olímpico, Bolt disse que deve “ser difícil e frustrante” passar pelo que está a passar Carter.