Ax-mulher de Omar Mateen, que pediu para manter o anonimato por razões de segurança, afirmou ao Washington Post que o autor do ataque em Orlando era violento e mentalmente instável. A mulher, que conheceu Omar através da Internet há oito anos, acusou o ex-marido de lhe bater enquanto estiveram casados, após uma fase inicial em que a relação decorreu de forma “normal”.

A ex-mulher de Omar Mateen confirmou que a família do antigo marido tem origem no Afeganistão, mas que o protagonista do ataque ao bar Pulse nasceu em Nova Iorque. A família deslocou-se, depois, para a Florida, onde a mulher acabou por também se fixar, em Fort Pierce, quando decidiu casar-se, em março de 2009. Omar parecia ser “um ser humano normal”, não era “muito religioso” e frequentava um ginásio com assiduidade.

0612-omar-mateen-picture-4

O casamento durou escassos meses, mas, durante esse período, o autor do ataque não deu sinais de ter aderido ao radicalismo islâmico. Omar Mateen possuía uma arma de baixo calibre e trabalhava como segurança numa instituição para jovens delinquentes. Os pais de Omar deram apoio à nora quando souberam que estava a ser alvo de abusos pelo filho. Resgataram-na da casa de Fort Pierce e, desde essa altura, a ex-mulher nunca mais teve contacto com o marido, apesar das tentativas feitas nesse sentido por Omar Mateen. “Salvaram a minha vida, literalmente”, afirmou a ex-mulher sobre a intervenção dos sogros.

De acordo com os registos judiciais citados pelo Post, o casal divorciou-se, formalmente, em 2011. Sobre o ataque em Orlando, a ex-mulher referiu estar ainda a “processar” aquilo que aconteceu: “tive muita sorte”.

Pai de Omar Mateen quis ser presidente do Afeganistão

Seddique Mateen, pai do autor do atentado, é o protagonista de um programa de televisão que passa no canal Payam-e-Afghan, transmitido a partir da Califórnia, revelou, também, o Washington Post. O programa, sob o nome Durand Jirga, destina-se a comunicar as opiniões de Mateen sobre política, incluindo o seu apoio aos talibãs do Afeganistão. Numa das edições, o pai de Omar Mateen chega a anunciar a candidatura à presidência do país de que a família é originária.

Uma busca no YouTube permite encontrar vários vídeos com as intervenções de Seddique Mateen e um número de telefone, bem como uma morada, exibidos em rodapé, foram relacionados com uma habitação de Mateen na Florida.