A Torre Eiffel, em Paris, vai esta segunda-feira à noite ser iluminada com as cores da bandeira dos Estados Unidos para homenagear as vítimas do tiroteio em Orlando, em que morreram 50 pessoas.

O anúncio foi feito pela presidente da câmara de Paris, Anne Hidalgo, no início de uma reunião camarária em que foi respeitado um minuto de silêncio em memória das vítimas do que é considerado o maior ataque terrorista na história dos Estados Unidos desde o 11 de setembro de 2001.

Anne Hidalgo expressou a sua “compaixão, solidariedade e afeto” ao povo americano e à comunidade gay, afetados pelo tiroteio num bar, em Orlando.

Pelo menos 50 pessoas morreram e 53 ficaram feridas na madrugada de sábado quando um homem entrou numa discoteca ‘gay’ de Orlando, na Florida, e começou a disparar indiscriminadamente, antes de ser abatido pela polícia.