Tsvetelina Stoyanova, integrante da equipa de ginástica rítmica da Bulgária, está em estado muito grave depois de ter saltado do sexto piso de um edifício de Sofia, no que parece ter sido uma tentativa de suicídio.

A ginasta, de 21 anos, entrou ao início da tarde nas urgências de um hospital da capital búlgara, com várias fraturas e lesões internas graves, o que obrigou a cirurgia de urgência, que durou duas horas.

O seu estado continua a ser muito grave e as próximas 24 horas são apontadas como decisivas, informou a porta-voz das urgências do Hospital Pirogov de Sofia, Maria Poyrazova.

A ginasta, que tem quatro medalhas em campeonatos do mundo, fora preterida na seleção que esta terça-feira de manhã viajou para Israel, para competir nos Europeus.

Segundo a treinadora da equipa, Ina Ananieva, tal se deveu ao estado de saúde da atleta: “Tsvetelina Stoyanova tem um problema de saúde que se agravou após a Taça do Mundo em Espanha e por isso não pode participar neste campeonato da Europa”, disse.