A Polícia Judiciária de Braga informou que já foram constituídos arguidos no processo do casal que foi filmado enquanto praticava relações sexuais junto a uma criança de seis anos na praia fluvial do Tabuão, em Paredes de Coura. A notícia foi avançada pelo Notícias ao Minuto, mas a fonte da Polícia Judiciária não adianta quem é que foi constituído arguido.

À agência Lusa, fonte do comando territorial da GNR de Viana do Castelo disse que “o caso ocorreu, no sábado, na praia fluvial do Tabuão, em plena luz do dia e foi filmado por populares que divulgaram o vídeo nas redes sociais”

A polícia garante que “já foram ouvidos alguns intervenientes, já foi analisado o vídeo entretanto publicado na internet e a investigação continua, com outras diligências”. O casal pode ser acusado de abuso sexual de crianças. Já quem captou as imagens e divulgou o vídeo pode incorrer nos crimes de devassa da vida privada e de gravações ou fotografias ilícitas.

A mulher que aparece nas filmagens é mãe da menor de seis anos que aparece junto do casal nas filmagens. O pai da criança já afirmou que vai pedir a guarda da criança de seis anos e dos outros dois filhos, de 9 e 14 anos.