O Twitter terá investido cerca de 70 milhões de dólares (pouco mais de 62 milhões de euros) no serviço de música SoundCloud, avançou o site Re/Code. O investimento já foi confirmado pela rede social que, no entanto, optou por não entrar em detalhes do acordo.

Apesar da divulgação da notícia, o negócio não é de agora. Ao mesmo site, Jack Dorsey, diretor executivo da rede social, explicou que “no início do ano” foi feito “um investimento no SoundCloud através da [capital de risco] Twitter Ventures”. “Eles têm sido grandes parceiros nossos ao longo dos anos”, acrescenta Dorsey.

O investimento também foi confirmado pelo SoundCloud, uma startup com sede em Berlim (Alemanha). À Re/Code, um porta-voz do serviço de partilha de música garantiu que “o investimento vai permitir que o SoundCloud continue focado em construir valor, tanto para os criadores como para os ouvintes”.

O Twitter terá ponderado comprar o SoundCloud em 2014 mas, na altura, a ideia acabou por cair por terra. Agora, a compra de parte do serviço pelo Twitter e a integração do mesmo na rede social poderá fazer parte de uma estratégia para aumentar o crescimento da comunidade, ao mesmo tempo que o SoundCloud pode usar a parceria como forma de promover o seu mais recente serviço de subscrição paga de música, escreve o site.