A Polícia Judiciária (PJ) de Setúbal anunciou esta sexta-feira que foram feitas buscas em três associações empresariais e numa sociedade comercial por suspeita de fraude e desvio de subsídios, em valor superior a 400 mil euros.

“O inquérito teve início numa participação da Direção Geral das Atividades Económicas, por suspeita de justificação fraudulenta de custos”, no âmbito dos incentivos atribuídos entre 2007 e 2012, refere a PJ em comunicado.

O Departamento de Investigação Criminal de Setúbal procedeu à realização de buscas em três associações empresariais e numa sociedade comercial que, alegadamente, lhes prestou serviços no âmbito do desenvolvimento de projetos contratados com o IAPMEI, para modernização dos centros urbanos.

“Foram constituídos cinco arguidos, entre pessoas singulares e coletivas”, e apreendidos documentação e suportes informáticos relacionados com a eventual prática dos crimes em apreço.