A seleção portuguesa de futebol treinou hoje pela última vez antes de defrontar a Áustria, no sábado, na segunda jornada do grupo F do Euro-2016, numa sessão em que todos os atletas trabalharam sem limitações.

Portugal abdicou do habitual treino de adaptação ao Parque dos Príncipes, estádio que vai acolher o encontro com os austríacos, em Paris, preferindo realizar a sessão no Centro Nacional de Râguebi.

No ‘quartel general’ da equipa das ‘quinas’ em França, Fernando Santos teve à disposição todos os atletas convocados, os quais trabalharam a 100 por cento, nos 15 minutos abertos aos jornalistas.

O apronto começou com exercícios de aquecimento, antes de os jogadores de campo serem divididos em dois grupos para os tradicionais ‘meinhos’, sempre num ambiente de boa disposição, enquanto os três guarda-redes treinavam na ponta oposta do campo.

Desta forma, o selecionador voltou a não dar quaisquer indícios de qual poderá ser o ‘onze’ que vai iniciar a partida com a Áustria, apesar de o próprio já ter admitido que irá proceder a alterações.

Portugal e Áustria jogam no sábado, a partir das 21 horas locais (20h em Lisboa), no Parque dos Príncipes, em Paris, num encontro que será dirigido pelo italiano Nicola Rizzoli.

A Hungria lidera o grupo F com três pontos, seguida de Portugal e Islândia, ambos com um, enquanto a Áustria se mantém a zero.