Segundo um novo relatório da IHS Automotive, é esperado que em 2035 o número de veículos autonómos a circular por estradas de todo o mundo atinja os 21 milhões. Para chegar a este valor, significativamente incrementado face às últimas previsões, o estudo realizado pela empresa norte-americana leva em linha de conta não só os mais recentes avanços, em termos de pesquisa e desenvolvimento, alcançados nesta área pelo sector (marcas, fornecedores e empresas de tecnologia), mas também os avultados investimentos aqui efectuados e, ainda, a grande actividade que se tem registado no domínio da legislação e da regulamentação específicas para esta vertente do mercado.

De acordo com a pesquisa, os Estados Unidos da América liderarão em termos de expansão das vendas e na adopção inicial dos veículos autónomos por parte dos consumidores. Por outro lado, também é expectável que o Japão, com vista aos Jogos Olímpicos de 2020, registe um forte incremento dos investimentos nesta tecnologia.

prius autónomos

Numa fase inicial, a estimativa é que as vendas globais de automóveis autónomos alcancem cerca de 600 mil unidades em 2025, mas com um crescimento médio anual de 43% durante os 10 anos seguintes.

A análise da IHS assenta, igualmente, nas novas soluções de mobilidade que estão a desenvolver-se, nomeadamente a partilha de veículos ou serviços como os prestados pela Uber e empresas similares. Para que os números anunciados se materializem, será essencial progredir em diferentes frentes, designadamente na regulamentação, segurança informática e “software”, cenário que configura novas oportunidades e desafios para a indústria automóvel.