O primeiro-ministro reúne-se hoje com o seu homólogo francês, Manuel Valls, em Paris, oito dias após ter sido recebido pelo chefe de Estado francês, François Hollande, juntamente com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

Na agenda deste regresso de António Costa a Paris estão ainda a inauguração a meio da tarde do “Espaço do Cidadão” para prestação de serviços públicos online e, pelas 21:00 locais, a presença no jogo do Euro2016 da seleção nacional portuguesa de futebol com a Áustria.

Na semana passada, no âmbito das comemorações do Dia de Portugal e das Comunidades, em Paris, o primeiro-ministro e o Presidente da República foram recebidos por François Hollande no Palácio do Eliseu, e o chefe de Estado francês participou ainda com António Costa e Marcelo Rebelo de Sousa numa sessão realizada na Câmara de Paris em que se procedeu à condecoração de seis portugueses que ajudaram no auxílio às vítimas dos atentados de 13 de novembro passado.

François Hollande defendeu então a linha política e económica seguida por Portugal no âmbito da União Europeia, palavras que o primeiro-ministro português considerou serem de apoio ao país contra eventuais sanções europeias.

Após o encontro com Manuel Valls, ao fim da manhã, no Palácio do Matignon, que deverá versar temas europeus e as relações bilaterais entre os dois países, António Costa desloca-se ao Consulado Geral de Portugal em Paris para inaugurar o “Espaço Cidadão” – cerimónia em que estarão presentes os secretários de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro, e da Modernização Administrativa, Graça Fonseca.

Segundo o Governo, o “Espaço Cidadão”, uma medida no âmbito do programa “Simplex”, vai prestar diretamente serviços por via eletrónica a uma comunidade de 900 mil portugueses residentes na capital francesa.

Na primeira fase de funcionamento, no total, serão disponibilizados “60 serviços gratuitos”, designadamente o pedido de alteração de morada, a consulta número de beneficiário, o pedido do Cartão Europeu do Seguro de Doença e o serviço de Segurança Social Direta.

Por este serviço online poderá igualmente proceder-se a pedidos de prestações por morte, de reembolso de despesas de funeral, de subsídio de funeral, assim como certidões diversas como as paroquiais.

Numa segunda fase, de acordo com o Governo, poderão também vir a ser praticados outros serviços como, por exemplo, registo criminal e renovação da carta de condução.