Vamos lá a conversas sérias, senhoras e senhores. Portugal participou em Campeonatos da Europa em 1984, 1996, 2000, 2004, 2008, 2012, 2016. São alguns já, certo? Nunca, mas nunca, Portugal tinha tido a possibilidade de bater um penálti, num Europeu. Dia 18 de junho é, por isso, histórico. E, ainda por cima, foi uma estreia torta: Ronaldo rematou ao poste, já perto do final.

Cristiano Ronaldo conseguiu vários recordes hoje. Primeiro, ultrapassou Luís Figo (127) com mais internacionalizações: 128. O “sete” conseguiu ainda alcançar Thuram e Van der Sar no topo dos europeus com mais jogos na competição (14). O capitão da seleção portuguesa podia ter-se tornado no único futebolista da História do futebol a marcar em quatro edições do Campeonato da Europa, mas isso continua a escapar-lhe.

E, desta vez, depois de várias tentativas, até falhou um penálti. Com isto, garante mais um recorde (negativo): o capitão da seleção alcançou Luís Figo (4) no topo da lista dos penáltis falhados pela seleção, conta Rui Miguel Tovar, na sua conta de Twitter. Atrás dos dois extremos, surgem Jordão (3) e Oceano (3). Depois, com um penálti falhado, há vários, como por exemplo Rui Costa, Matateu, José Augusto, Nené e Manuel Fernandes.

Contra quem falhou Luís Figo? Escócia, Grécia, Suécia e Liechtenstein. E Cristiano Ronaldo? Dinamarca, Turquia, Bulgária e, hoje, Áustria. Aqui ficam dois exemplos:

https://www.youtube.com/watch?v=tQqOZgRUqrw