Um norte-americano foi esta segunda-feira acusado em tribunal por ter tentado apoderar-se da arma de um polícia num comício de Donald Trump em Las Vegas para, presumivelmente, assassinar o candidato presidencial republicano.

Segundo os documentos do tribunal, Michael Sandford tentou desarmar o agente policial no decurso do comício de 18 de junho no casino Treasure Island de Las Vegas (estado do Nevada, oeste), antes de ser imobilizado.

“Sanford revelou ter feito um esforço consciente para se deslocar a Las Vegas com o objetivo de matar Trump”, refere a queixa apresentada no tribunal.