O italiano Vincenzo Abbagnale, campeão do mundo de remo em 2013 e filho do presidente da federação italiana da modalidade, fou suspenso por 16 meses, ficando assim fora dos Jogos Olímpicos Rio 2016.

O castigo imposto pelo Comité Olímpico Italiano tem por base o incumprimento por parte de Abbagnale, por três vezes, da obrigação de informar o paradeiro, para eventuais controlos antidoping.

Abbagnale foi campeão em 2013 no barco de dois e para estes Jogos Olímpicos era candidato a um lugar no barco de oito com timoneiro.

Foi o próprio pai, Giuseppe Abbagnale, também ele um antigo campeão, não só do mundo como olímpico, que tinha anunciado o processo contra o atleta.

“Falhou três controlos e as regras são claras. Pecou por ingenuidade mas o regulamento prevê de um a dois anos de suspensão”, comentou.