A Comissão Europeia apelou esta segunda-feira a uma maior solidariedade da comunidade internacional para o reforço do quadro de proteção e reinstalação dos refugiados.

“Pedimos a todos os parceiros para que reforcem o quadro internacional para proteção e reinstalação através da partilha de responsabilidade global e da solidariedade”, segundo um comunicado divulgado no Dia Mundial do Refugiado.

Segundo a Comissão Europeia, “estima-se que 60 milhões de pessoas são deslocadas à força no mundo – como refugiados, requerentes de asilo, migrantes ou pessoas deslocadas internamente”.

A prestação de apoio e a proteção dos refugiados, sublinha o comunicado, são “um desafio que requer uma resposta global”.

A União Europeia já disponibilizou mais de dez mil milhões de euros no seu orçamento para 2015 e 2016 para custear a crise de refugiados quer a nível interno quer em países terceiros.