Quando, há dois meses, o Facebook da SoFlo mostrou uma receita para ter chocolate eterno, o universo dos gulosos abrilhantou-se. Um qualquer génio do chocolate conseguiu pegar numa barra com 16 pedaços, parti-la em partes, retirar um desses pedaços e manter a barra do mesmo tamanho. O mundo seria perfeito se isto fosse realmente a verdade. Mas afinal, tudo não passou de uma ilusão de ótica. Nós esclarecemos aqui como é que esta história — que agradou a 30 milhões de pessoas no Facebook — surgiu na Internet.

O truque é antigo, mas quando toca a chocolate qualquer história é bem-vinda. Aqui em baixo, na fotogaleria, vai compreender primeiro como é que a SoFlo conseguiu criar a barra de chocolate eterna. O “modo de preparação” está nas legendas.

5 fotos

Seria a receita favorita dos apaixonados pelo chocolate, mas as leis da física e da matemática não permitem tanta sorte. Esta é uma ilusão de ótica chamada “paradoxo do quadrado perdido” e que muitos professores ensinam aos estudantes durante o ensino básico. Consiste simplesmente em reorganizar um triângulo quadrado (um triângulo com um ângulo de 90º) dividido em quatro partes, para que um pequeno quadrado fique de fora. Mas o segredo pode ser explicado com a seguinte imagem.

triangulo

É que, afinal, a barra inicial (ou, no caso da imagem, o triângulo inicial) não é exatamente igual à outra, mas a área do quadrado é distribuída de tal modo que as mudanças parecem insignificantes. No triângulo percebe-se que a área do quadrado é aquele retângulo extremamente fino que caberia na hipotenusa. Esse retângulo fininho tem a mesma área que o quadrado, mas distribuída de outra forma.

Lamentamos. Ainda ninguém conseguiu virar o mundo ao contrário e fazer do chocolate uma comida milagrosa. Ainda assim vale a pena continuar a comer (com peso e medida, sempre).